Páginas

01 setembro 2009

Dando um breve tempo

Olá, pessoas sempre queridas, conhecidas ou não.
Aproveitei o quanto pude as minhas horas autoconcedidas de ócio criativo. Que aliás não foram poucas nestes últimos tempos. Escrevi sobre Deus e todo mundo — inventei histórias, ensaiei poemas, consolei dores imaginadas, amores sonhados, alegrias inventadas — uma realidade plenamente povoada por pensamentos e o afeto inigualável de vocês, que me lêem e tantas vezes comentam. Mas... não sem alguma resistência, devo informar que preciso me impor uma certa autodisciplina, que de alguma forma inclui menos dedicação a este exercício de escreveção que a mim encanta. Tenho coisas que inventei e se tornaram realidade e agora preciso cuidá-las. Como diria minha avó, "quem pariu Mateus, que o embale". E quem me conhece sabe: não me recuso a embalar os filhos que invento e nem aqueles por outros inventados e que, por fortuna do destino, aportam aos meus cuidados. Sou amorável. Me constituo de amor, alegria, fé... e trabalho. E esses são os meus combustíveis, que não se recusam à explosão e são inesgotáveis. E considerando-se que ainda não encontrei minha camada de pré-sal... iixi!Mas não vou deixar de ler vocês, os que escrevem. E sempre que der, posto uma bobagenzinha ou outra. Porque, afinal, que graça teria Hanna se não fossem suas tolices e inevitáveis fugas?
Com amor confeitado de antecipada saudade... beijos!
Hanna Stael

3 comentários:

Anônimo disse...

Bem...Fazer o que, né??? Mas tudo bem, acho que todos podemos te dar um tempo. Não muito longo,nem tão curto, mas o tempo em que Deus renove as suas forças, lhe encha de sabedoria, e te de a direção exata do caminho a seguir e das decisões a tomar. Esqueci de dizer o significado da árvore. É crescimento, expansão, desenvolvimento. É elemento Madeira, e a primavera é a sua estação. Aproveite!!! é o momento!!
Um Grande Beijo
At. os vídeos tem dado pra quebrar o galho. As bobagens servem tb.

Hanna disse...

Obrigada, alma gentil. É bom saber que nesta rede rola uma energia boa, de afeto e solidariedade.
Ah! E já estou aproveitando a primavera, que se antecipou. Já percebeu como as amendoeiras estão cheias de galhos e folhas novos? E as lindas árvores do Aterro do Flamengo...todas floridas... parecem que falam conosco... Aplausos ao Grande Artista!
Grande beijo pra vc também.
H.

Utahy disse...

Uma pena.
Comento pouco e leio muito.
Seu blog era parada obrigatória.
Beijocas. Até a volta.